sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Entrevista na TV Master

Olá pessoal,
Depois de muitos pedidos, disponibilizo o vídeo da entrevista realizada em 02 de agosto no Programa Espaço Mulher na Tv Master, onde pude falar um pouco sobre o Blog, sobre a Fisioterapia de modo geral e ainda a respeito do nosso Serviço de Fisioterapia Domiciliar em João Pessoa. Espero que gostem!

Grande abraço,
Luan César Simões.



Bastidores




quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Caminhada pode se tornar uma vilã para a saúde



Com a chegada do verão, manter a forma torna-se prioridade para significativa parte da população. A caminhada apresenta-se, então, como opção simples e em conta para se atingir tal objetivo. Na avenida Beira-Mar, em Fortaleza, é comum um grande número de pessoas praticarem exercícios, entre estes, a caminhada sem acompanhamento profissional.
 
Os benefícios da caminhada são muitos: emagrece, mantém a forma, controla o diabetes e o colesterol, fortalece os ossos, diminui os riscos de osteoporose e, quando realizada à beira-mar, pode ser ainda mais prazeroso. Mas o que poucos sabem é que essa prática pode não ser tão positiva assim. Quem quer iniciar qualquer atividade física deve procurar orientação do fisioterapeuta e do profissional de educação fisica. Sem esta, os exercícios podem ser prejudiciais à saúde. A informação é comumente divulgada por profissionais, porém, é ainda mais comum não ser utilizada pela população.
 
No que se refere à caminhada, dependendo da forma como for realizada, pode resultar em lesões musculares, como distensões e dores. Quem caminha nos calçadões muitas vezes está despreparado e usa tênis inadequado, o que pode sobrecarregar articulações e coluna. Seguir recomendações de especialistas é, no mínimo, fundamental para tornar o exercício físico um auxílio ao combate a doenças e manutenção da forma física, e não um vilão para a saúde.
 
É importante consultar um profissional que trabalhe com fisioterapia desportiva para que este possa orientar deste a escolha do tênis adequada quando a algumas precauções a serem tomadas com a finalidade de evitar lesões.
 
Alguns acreditam que caminhar na areia é mais seguro, porém, José Góes orienta que os iniciantes devem ficar longe dessa opção. "A areia não é regular e pode sobrecarregar ainda mais a coluna, articulações e ligamentos. A caminhada na areia só é indicada para quem pratica exercícios há mais tempo", afirma o fisioterapeuta.
 
 
 
Prof. Ms José góes Bezerra Neto
Fisioterapeuta

Para mais informações, acesse:
http://www.josegoes.com.br/


 

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Sou doador de orgãos e você?


O transplante é, sem dúvida, a tão esperada resposta para milhares de pessoas com insuficiências orgânicas terminais ou cronicamente incapacitantes. É, sem dúvida, um procedimento médico com enormes perspectivas, porém impossível de ser executado sem o consentimento de uma população consciente da possibilidade, da necessidade e responsabilidade de depois da morte, destinar os seus órgãos para salvar vidas. 

No Brasil quando é reconhecido um doador efetivo, a central de transplantes é comunicada, pois apenas ela tem acesso aos cadastros técnicos com informações de quem está na fila esperando um órgão. Além da ordem da lista, a escolha do receptor será definida pelos exames de compatibilidade entre o doador e o receptor. Por isso, nem sempre o primeiro da fila é o próximo a receber o órgão. 



A doação de órgãos também pode ser feita em vida para algum membro da família ou amigo, após avaliação clínica da pessoa. Nesse caso, a compatibilidade sangüínea é primordial e não pode haver qualquer risco para o doador. Os órgãos que podem ser retirados em vida são rim, pâncreas, medula óssea, parte do fígado e parte do pulmão.

Segundo a nova Lei, as manifestações de vontade à doação de tecidos, órgãos e partes do corpo humano, após a morte, que constavam na Carteira de Identidade Civil e na Carteira Nacional de Habilitação, perderam sua validade a partir do dia 22 de dezembro de 2000. Isto significa que, hoje, a retirada de órgãos/tecidos de pessoas falecidas para a realização de transplante depende da autorização da família. Sendo assim, é muito importante que uma pessoa, que deseja após a sua morte, ser uma doadora de órgãos e tecidos comunique à sua família sobre o seu desejo, para que a mesma autorize a doação no momento oportuno. 


Luan César Simões
Fisioterapeuta

Campanha de Vacinação contra a Paralisia Infantil (Poliomielite) e o Sarampo


O Sistema Único de Saúde (SUS) lança no dia 13 de agosto a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite 2011. Será oferecida a segunda dose da vacina contra a paralisia infantil para crianças menores de 5 anos. Mesmo quem já tomou a 1ª dose deve ser vacinado. Neste dia começa também a segunda etapa da vacinação contra o sarampo, que se estende até o dia 16 de setembro, para crianças de 1 ano a menores de 7 anos, nos seguintes estados: AC, AM, AP, DF, ES, GO, MA, MS, MT, PA, PB, PI, PR RN, RO, RR, SC, SE e TO.


Não deixe de levar o seu filho aos posto de saúde!


Luan César Simões
Fisioterapeuta
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu perfil

Minha foto
João Pessoa, Paraíba, Brazil
Mestre em Fisioterapia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE; Especialista em Fisioterapia Cardiorespiratoria; Graduado pelo Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ. Atualmente é professor universitário, foi fisioterapeuta do Centro de Reabilitação da cidade de Araruna - PB e é Delegado do Conselho de Fisioterapia e Terapia Ocupacional - Regional 1 na Paraíba. Trabalhou no Núcleo de Acolhida Especial do estado da Paraíba pela SEDH e foi pesquisador voluntário de grupos de pesquisa e estudos em saúde na Universidade Federal da Paraíba - UFPB.

infoFisio no Facebook

Seguidores

Visitas do mês

Qual seu estado?

Nos siga pelo Email

Contato:

Email: luancesar_01@yahoo.com.br

Blog Archive

Luan César Ferreira Simões. Tecnologia do Blogger.