quinta-feira, 17 de março de 2011

Aula sobre o Sistema Respiratório





Breve aula sobre o funcionamento do Sistema Respiratório.


Espero que tenha sido útil!
Grande abraço.


A Fisioterapia na melhoria da função pulmonar


A principal finalidade dos pulmões é abastecer o nosso sangue de oxigênio, que é levado para as células do corpo, fazendo com que nosso organismo funcione de maneira adequada. Além disso, os pulmões também executam a função de tirar do sangue o dióxido de carbono (gás carbônico) e vapor de água, eliminando-os do corpo através do processo de expiração.



Na respiração pulmonar o ar entra e sai dos pulmões devido à contração e ao relaxamento do músculo diafrágma. Quando o diafragma se contrai, ele diminui a pressão dentro dos pulmões e o ar que está fora do corpo entra rico em oxigênio (O2) - processo chamado de inspiração. Quando o diafragma relaxa, a pressão dentro dos pulmões aumenta e o ar que estava dentro agora sai com o dióxido de carbono (CO2) - processo denominado de expiração.

Porém,em alguns indivíduos, este mecanismo pulmonar está limitado por uma série de fatores que cause ou indique uma função pulmonar deficiente. Existem três categorias principais de doença pulmonar: doença pulmonar obstrutiva crônica em que existe uma redução do fluxo de ar, causada pelo estreitamento ou obstrução das vias aéreas (caminho que o ar faz para sair dos pulmões), a exemplo da asma, enfisema e bronquite crônica; doença pulmonar restritiva na qual há uma diminuição na quantidade de ar inalada, porque existe uma redução na elasticidade ou quantidade de tecido pulmonar. A terceira categoria inclui as infecções. 

A fisioterapia respiratória pode atuar tanto na prevenção quanto no tratamento das doenças pulmonares utilizando-se de diversas técnicas e procedimentos terapêuticos tanto em nível ambulatorial, hospitalar ou de terapia intensiva (UTI) com o objetivo de estabelecer ou restabelecer um padrão respiratório funcional no intuito de reduzir os gastos energéticos durante a respiração, capacitando o indivíduo a realizar as mais diferentes atividades diárias sem promover grandes transtornos e repercussões negativas em seu organismo, ou seja, melhorando a função do pulmão, consequentemente haverá melhoria na qualidade de vida.

Para que isto ocorra é necessário melhorar o "sistema de limpeza respiratório", a ventilação pulmonar e prevenir ou eliminar o acúmulo de secreções, favorecendo assim, as trocas gasosas, além de manter ou melhorar a mobilidade (movimento) da caixa torácica.

É importante ressaltar que para se atingir resultados positivos faz-se primordial um amplo estudo do quadro patológico apresentado pelo paciente, além de uma criteriosa avaliação das condições clínicas desse indivíduo e do traçado de um plano de tratamento condizente com suas necessidades atuais.



Luan César Ferreira Simões
Fisioterapeuta


quarta-feira, 16 de março de 2011

Fisioterapia Preventiva na Saúde do Idoso

O envelhecimento populacional mundial vem ocorrendo de forma crescente, graças aos avanços tecnológicos da medicina e às medidas básicas de atenção à saúde adotados. No Brasil não é diferente; o governo investe nas campanhas preventivas e promotoras de saúde para a população idosa, a exemplo da vacinação contra a gripe e os programas de controle do diabetes e da hipertensão. Com isso, a perspectiva é que a população tenha mais longevidade (tempo de vida), a qual pode ou não vir acompanhada de uma qualidade de vida (enlhecimento saudável).

 Diante deste contexto, a Fisioterapia na Saúde do idoso tem como objetivo principal à independência do idoso, no intuito de minimizar as conseqüências das alterações fisiológicas e patológicas do envelhecimento, ocorridas durante o processo do envelhecimento natural, favorecendo uma qualidade de vida satisfatória a pessoa idosa.

A fisioterapia preventiva atua em todos os níveis da saúde, sempre buscando a manutenção ou melhoria do estado funcional, no entanto se o idoso não apresentar nenhuma patologia crônica ou qualquer disfunção que lhe impeça de realizar atividades do dia-a-dia e as atividades fisicas sem restrição específica, de preferência a atividades que busquem a manutenção de  seu estado físico funcional. 
 
A promoção da saúde ano âmbito da geriatria representa um desafio para o fisioterapeuta, pois o idoso precisa ser lembrada em todos os atos, atividades e intervenções que ele pratica. Promover a saúde junto aos idosos deve tornar-se um hábito constante. Isso significa que o fisioterapeuta promove a saúde ao se relacionar com o idoso de forma individual, organizar ou colaborar na organização das atividades destinadas a promoção da saúde, além de colaborar com a comunidade, ajudando na identificação das necessidades em relação à saúde e no desenvolvimento de estratégias destinadas a promover a saúde. O fisioterapeuta, além disso, atua ativamente na elaboração das medidas de saúde pública e  em defesa da promoção da saúde, ainda que seja apenas em nível local.


 

"O valor das coisas não está no tempo em que elas
duram, mas na intensidade com que acontecem. Por
isso, existem momentos inesquecíveis, coisas
inexplicáveis e pessoas incomparáveis".
(Fernando Pessoa)









Luan César Ferreira Simões
Fisioterapeuta


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu perfil

Minha foto
João Pessoa, Paraíba, Brazil
Mestre em Fisioterapia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE; Especialista em Fisioterapia Cardiorespiratoria; Graduado pelo Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ. Atualmente é professor universitário, foi fisioterapeuta do Centro de Reabilitação da cidade de Araruna - PB e é Delegado do Conselho de Fisioterapia e Terapia Ocupacional - Regional 1 na Paraíba. Trabalhou no Núcleo de Acolhida Especial do estado da Paraíba pela SEDH e foi pesquisador voluntário de grupos de pesquisa e estudos em saúde na Universidade Federal da Paraíba - UFPB.

infoFisio no Facebook

Seguidores

Visitas do mês

Qual seu estado?

Nos siga pelo Email

Contato:

Email: luancesar_01@yahoo.com.br

Blog Archive

Luan César Ferreira Simões. Tecnologia do Blogger.